Pesquisar no Blog
terapia natural para pets
Saúde

Terapias naturais podem influenciar a saúde dos pets?

  • De
  • 15 de novembro de 2018

Se você acha que terapias naturais podem influenciar na saúde e no comportamento dos pets, está certo! Muitas práticas naturais podem trazer benefícios para cães e gatos, sem agredir o seu organismo.

Como maiores vantagens dessas terapias está a possibilidade de prevenção e tratamento das doenças e não apenas dos sinais clínicos. Isso tudo, com a minimização ou inexistência de efeitos colaterais para os cães e gatos.

Isso inclui o tratamento de doenças físicas (problemas endócrinos, articulares, ortopédicos, baixa imunidade) e psicológicas (agressividade, ansiedade, medo)!

Quais são as terapias naturais disponíveis para o pet?

Suplementos naturais

 

Existem diversos ingredientes naturais que podem trazer benefícios para a saúde dos pets como a alcachofra, a laranja amarga, a acerola, o maracujá, a cenoura, a clorela, entre outros. Os nutrientes têm o poder de turbinar a imunidade dos animais, ajudar a reduzir os riscos de várias doenças (obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares, problemas de pelo e pelagem, ansiedade de separação, etc.).

A qualidade terapêutica do alimento funcional é potencializada quando concentrada em suplementos, pois as doses excedem a capacidade que qualquer pet poderia consumir se comesse apenas o alimento. Em cada fórmula, são associados diversos ingredientes para que um ajude e complemente os benefícios do outro.

Cinesioterapia

Imagem: Petsio

É  a terapia pelo movimento, estudada através da cinesiologia (estudo do movimento). Com isso, é necessário entender o funcionamento dos músculos e articulações dos animais. A cinesioterapia tem como objetivo prevenir, eliminar ou diminuir os distúrbios do movimento e função.

Cromoterapia

Imagem: Dra. Elisângela Tavares

É conhecida desde a antiguidade e, quando utilizada com sabedoria, pode mudar estados emocionais, produzir harmonia e saúde para os seres vivos. A cromoterapia trabalha o nível físico e os níveis mais sutis. É uma técnica muito suave, mas intensa, que reequilibra a dinâmica natural da energia do organismo.

Ozonioterapia

Imagem: Reabivet

Na área medicinal, o ozônio age como um antisséptico, anti-inflamatório, analgésico, modula o estresse oxidativo, melhora a circulação periférica, modula o sistema imunológico, a oxigenação, estimula a cicatrização e a epitelização. Ele possui propriedades bactericidas, fungicidas e contra vírus, por isso é muito utilizado em tratamento de feridas infectadas.

Nutrição funcional

É uma parte da nutrição que preza pelo cuidado da saúde a partir das possibilidades que a genética do indivíduo tem de manifestar determinadas doenças devido à sua alimentação e seu estilo de vida. Assim, utilizamos os alimentos como uma estratégia de silenciar os genes capazes de desencadear doenças (nutrigenômica) e estimulamos os genes a manifestar o seu melhor potencial (nutrigenética).

Reiki

É uma técnica de imposição de mãos com intenção de cura. A energia Reiki é definida como a energia cósmica que está dentro e fora de todos nós. O terapeuta reikiano nada mais é do que um canal por onde essa energia cósmica passa para chegar ao indivíduo que está recebendo o tratamento, seja ele uma pessoa, um animal ou um vegetal.

Acupuntura

O principal objetivo  é trazer qualidade de vida para os animais e cura de diversas doenças. Muitas enfermidades são encaminhadas para a Acupuntura porque não possuem tratamento na medicina convencional. Alguns pacientes são encaminhados para o tratamento de alívio da dor – sejam eles pacientes jovens ou idosos.

Em muitos casos, precisariam utilizar medicamentos por longos períodos, trazendo malefícios para o órgão como o fígado e os rins. Com a acupuntura pode-se alcançar um efeito analgésico muitas vezes melhor, mais intenso, muito mais duradouro e sem nenhum efeito colateral.

Fitoterapia

Na medicina veterinária, os fitoterápicos são utilizados para tratar inúmeras patologias de forma mais saudável e sem agredir o organismo, além de aumentar a qualidade de vida dos animais. As vantagens conseguidas no tratamento com plantas medicinais são inegáveis: a ação biológica das plantas medicinais é eficaz, com baixa toxicidade e efeitos colaterais e deve ser aproveitada, uma vez que a natureza oferece gratuitamente a cura para as doenças.

Floral

Imagem: site Guia da Alma

Os medicamentos florais são capazes de tratar além do físico, considerando o ambiente, a mente, o comportamento e a espiritualidade como promotores de saúde e bem-estar. As principais formas de administração utilizadas para animais são oral (no alimento, na água ou direto na boca) ou tópica (borrifando no corpo).

Microfisioterapia

É uma técnica de terapia manual desenvolvida na França na década de 80, baseanda na embriologia, na filogênese e na ontogênese. Parte do princípio de que todas as células do nosso corpo são capazes de armazenar memórias em todos os períodos da vida, até mesmo informações ancestrais. E que todo ser vivo possui uma capacidade de se adaptar, se defender e autocurar buscando um equilíbrio para se proteger dos malefícios do meio exterior.

Homeopatia

Reconhecida como especialidade médica há décadas, a homeopatia busca diagnosticar as diversas suscetibilidades do paciente com o objetivo principal de evidenciar sintomas característicos que contribuam com a seleção do medicamento homeopático individualizado mais semelhante a este.

Após processo de ultradiluição seriada e dinamização de quantidades imponderáveis de substâncias oriundas dos reinos animal, vegetal ou mineral, os medicamentos homeopáticos podem agir equilibrando a força vital do indivíduo.

Gostou de conhecer melhor as terapias naturais disponíveis para o tratamento do seu pet? Então, não deixe de conferir o próximo post sobre as principais doenças dos pets que podem ser curadas com estas terapias!

Leia também:

Botica Pets: suplementos naturais para as diversas necessidades dos pets

Tratamento de doenças endócrinas por meio de terapias naturais

Medicina tradicional chinesa: como pode ajudar o pet?

Sem Comentários

Deixe sua resposta