Pesquisar no Blog
Dicas

Pet torcedor: como aproveitar a Copa ao lado do melhor amigo!

A Copa começou oficialmente! Todo mundo preparado para se reunir, assistir aos jogos e, se Deus quiser e a seleção cooperar, comemorar muito!

Agora, você já pensou que o seu cachorro pode não estar entendendo nada do que está acontecendo? Várias visitas, comida e petiscos de montão, fogos de artifício e muita agitação. Alguns pets podem ficar bem assustados com tudo isso. Outros podem até gostar da festa e acabar ganhando comidinhas que não fazem bem a eles.

Como lidar com o pet na Copa?

O ideal é incluir o peludo na festa, mas sem passar dos limites. Segundo a Dra. Flavia Rossi, Médica-Veterinária da Mars Petcare é importante evitar que o pet fique assustado com o barulho natural das comemorações. “O ideal é acostumá-lo previamente. Devemos promover uma atividade prazerosa, como brincadeiras, e gradualmente expor o animal a estímulos barulhentos. Nas primeiras vezes em que o pet apresentar sinais de medo, tente associar o momento a algo positivo, oferecendo a ele um petisco ou seu brinquedo preferido como forma de carinho”, explica.

Ninguém quer deixar o peludo traumatizado, né?

 

Confira as dicas:

1)      Mantenha os pets em um local seguro e acolhedor

Para evitar o desconforto e agitação do animal durante o momento de chegada e saída de pessoas em sua casa, procure um espaço confortável e mais isolado para que ele se sinta seguro, evitando a ansiedade e fugas. Para que o pet não se sinta deslocado, importante que o espaço escolhido seja familiar e que sua caminha, recipiente de água e alimento estejam lá.

2)      Cuidado com a comida dos convidados

Embora o clima seja de descontração e animação, lembre seus convidados que compartilhar comida de humanos com o pet pode ter consequências graves. Alguns alimentos são tóxicos para eles, incluindo cebola, uva, alho, álcool, chocolate, abacate, entre outros. Por isso, tome cuidado para que o pet não tenha acesso aos quitutes da festa e, caso isso aconteça, o recomendado é procurar sempre um Médico-Veterinário. Se sua vontade é integrá-lo às comemorações, a recomendação é oferecer a ele um petisco próprio para pets.

3)      Cuidado com o barulho

A audição dos animais é mais sensível que a nossa. Por esse motivo, barulhos altos tendem a causar medo e assustá-los.  A dica é deixar o pet em um local familiar, com som ambiente como, por exemplo, TV ou rádio ligados em volumes apropriados. Isso reduz o stress e mascara o barulho.

4)      Mantenha seu pet longe da sujeira da festa

É importante prestar atenção a objetos que o pet pode engolir. Copos plásticos, guardanapos e toda a sujeira da festa devem ser sempre jogados no lixo para que não gerem um problema sério caso o animal de estimação venha a engolir algo.

5)      A ajuda dos convidados é sempre bem-vinda

Pedir para que seus convidados ajudem a acalmar o pet ou até mesmo brinquem com ele faz com que o animal se distraia e não se estresse tanto com o evento. Além disso, ele irá se familiarizar mais rapidamente com o ambiente.

6)      Fim da festa

Ao terminar a festa certifique-se que o pet está em casa e não escapou durante a despedida dos convidados. A agitação da saída das pessoas pode confundir o pet e, caso ele esteja estressado, ser a oportunidade perfeita para uma possível fuga. Fique sempre atento.

Separamos também alguns produtos para ajudar o seu pet torcedor:

 

Calmante natural: o suplemento Maracujá, da Botica Pets, foi elaborado para auxiliar em momentos como esses. O extrato de alcachofra e a levedura de cerveja são associadas ao maracujá (que possui propriedades sedativas, antiespasmódicas e ansiolíticas). Todo o conforto que seu precisa, de uma forma natural. Vendido em forma de palitos, comprimidos ou pó.

 

 

Vestido para a Copa: o casaco/ moletom verde e amarelo da Pet Elegante vai deixar o seu peludo no clima para torcer! Uma gracinha né? Na loja online você encontra opções de roupas, bandanas e até boné.

 

 

Comendo na bola: a Pet Ball, da Pet Games, vai ajudar a entreter o cão. Para isso, coloque a quantidade de ração da refeição dele dentro e deixe ele se divertir enquanto come! Você encontra na PetLove.

 

Florais: A Fórmula Animal recomenda os Florais de Bach para ajudar o pet nestes momentos. A Mimulus, por exemplo, é indicada para animais nervosos e com medo de coisas conhecidas, dando mais coragem ao bichinho. Já a Cherry Plum, é voltada para pets de comportamento compulsivo, e a Rescue, voltada para situações de emergência de estresse ou trauma. Saiba mais no site!

 

 

Para distrair: para contribuir com a saúde oral, o tutor pode oferecer PEDIGREE® Dentastix™, que ajuda a reduzirem até 80% a formação do tártaro em cães. Saiba mais, no site da Cobasi.

 

Leia também:

Qual o efeito do maracujá para os pets?

Por que o pet não para de se lamber?

Como evitar acidentes em casa?

Sem Comentários

Deixe sua resposta