Pesquisar no Blog
Papo com VET

Nutracêuticos imunomoduladores com potencial uso clínico para cães e gatos

Leia um interessante artigo sobre o uso de nutracêuticos para o tratamento de cães e gatos!

Autores: Leandro Zaine; Mariana Monti; Ricardo Souza Vasconcellos; Aulus Cavalieri Carciofi

RESUMO

Tem-se observado o uso crescente de nutracêuticos em medicina veterinária, para auxiliar no tratamento clínico. Esta revisão teve como objetivo descrever alguns nutracêuticos que atuam sobre a imunidade de cães e gatos e levantar os possíveis benefícios como tratamento adjuvante para determinadas enfermidades.

A ação de derivados de levedura tem sido bastante avaliada, especialmente da fração beta-glucano, um potente imunomodulador, com ação já demonstrada em cães e gatos, sendo benéfico no tratamento de algumas doenças.

Os ácidos graxos poliinsaturados ômega-3, talvez os mais utilizados atualmente, podem trazer benefícios no tratamento de hipertensão, doenças renais e cardíacas, artrites, doenças autoimunes, doenças gastrintestinais e câncer.

A vitamina E apresenta ação antioxidante e imunomoduladora, podendo auxiliar no tratamento de doenças dermatológicas e hepatobiliares.

O uso de carotenoides, que tem ação semelhante à da vitamina E, pode ser interessante por serem potentes antioxidantes, podem ajudar na melhora da resposta imune contra microrganismos e, também, na prevenção do aparecimento de tumores.

Apesar de ainda serem necessários mais estudos clínicos para se entender os reais benefícios trazidos pela suplementação dos nutracêuticos em cada doença específica, a compreensão dos mecanismos de ação destes indica que são promissores para uso clínico.

Artigo na íntegra

Sem Comentários

Deixe sua resposta