Pesquisar no Blog
Papo com VET

Férias e pets: cuidados importantes para a sua viagem

Uma viagem é sempre bem-vinda com a chegada das festas de fim de ano. Quem não gosta de curtir uma praia ou um sítio com amigos, familiares e com seus bichos?  Muitos deles também adoram viajar com seus tutores e alguns cuidados básicos são fundamentais antes, durante e após o retorno para casa.

Antes de sair de casa

Inicialmente, avalie a personalidade de seu melhor amigo. Ele é sociável? Gosta de sair de casa? Ou vai ficar ansioso e sofrer no carro ou mesmo no avião, na caixa de transportes? Existem bons hotéis atualmente para os pets sendo possível que ele fique melhor do que viajando com você.

Check-up antes da viagem

Exames laboratoriais e de diferentes tipos são necessários conforme a idade do animal. Uma simples mensuração de pressão arterial pode evitar uma fatalidade no caso de cães mais velhos às vésperas de um transporte aéreo. A sedação não é mais permitida, justamente por induzir o óbito em cardiopatas em grandes altitudes.

No caso de qualquer tipo de viagem, a prévia vacinação e vermifugação faz-se mister frente a novos ambientes em que o pet será exposto. As vacinas antirrábica e múltipla antiviral são essenciais, estando inclusive citadas como obrigatoriedade na constituição federal.

Doenças que precisam ser prevenidas

Cinomose, parvovirose e leptospirose nos cães e o complexo respiratório felino podem ser facilmente prevenidos. Após anos de ausência, a raiva ressurgiu no Estado de São Paulo, o que justifica ainda mais a vacinação, por mais que o animal quase nunca saia de casa. Nas férias ele vai sair!

A dirofilariose, verminose conhecida por atacar o coração de animais, tem sua incidência elevada em ambientes litorâneos devido ao fato de ser transmitida por mosquitos. A prevenção é a melhor saída e, para isso, existem no mercado produtos como antiparasitários, produtos spot-on para aplicação na nuca, coleiras, vermífugos e até uma vacina.

Também é importante prevenir a leishmaniose, doença que nas formas visceral e, mais comumente, na tegumentar, causa feridas e lesões por toda a pele, podendo levar o animal a óbito.

Check-up após as férias

É importante uma avaliação clínica e laboratorial do animal semanas após ter retornado de viagem. Ainda mais se o destino foi a algum foco de determinada doença. Assim, nossos animais estão sujeitos à diversas patologias que podem varia sua prevalência conforme a localização geográfica. Por isso, uma simples viagem envolve cuidados não apenas com seu melhor amigo, mas também com seus pares.

*Adalberto do C. B. von Ancken – médico veterinário especialista em homeopatia, mestre em Bem-Estar Animal e doutorando em Patologia Ambiental e Experimental. É proprietário da Clínica Veterinária Similia Vet e sócio-proprietário da High Dilution Science.

Contatos:
E-mail: acbvonancken@hotmail.com
Site: www.hdscience.com.br 
Facebook@similiavet
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/adalberto-von-ancken-4491b013/

Leia também:

Vamos cuidar dos nossos pets velhinhos?

Dicas e cuidados que você precisa ter ao viajar com o pet

Praia ou campo? Veja as nossas dicas para o Ano-Novo com o pet!

 

Sem Comentários

Deixe sua resposta